Cartas sem destino

.posts recentes

. Há coisas que não têm de ...

. Deitar fora o passado

. Sinais do Destino

. Não há coincidências ...

. Feliz no passado ...

. Escutar a voz do coração....

. Breve resumo

. Simplesmente Amor ...

. Braços amigos

. Dor do próximo ...

.arquivos

. Março 2009

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

Sexta-feira, 20 de Março de 2009

Sinais do Destino

 

 

 

 

Eram 23 horas quando Pilar abriu a porta de casa, Isabella esperava-a ansiosamente para lhe contar o que lera e para dizer a amiga a promessa que tinha infringido. Pilar também era curiosa por isso a atitude da amiga não a estranhou, mas ficou espantada com os sinais que a vida lhe poderia dar. Isabella disse-lhe que deixará uma carta para ela ler, mas teria que ser sozinha como ela o fez. Pilar estava tão cansada que foi tomar um duche, vestir o seu pijama dos ursos, beber um copo de leite e a carta ficaria para o dia seguinte, pois estaria sozinha em casa. Mas disse a Isabella:

- Sabes, amiga, acho que deviamos deitar estas cartas todas fora, na reciclagem. Acho que precisamos de começar uma nova etapa nas nossas vidas.

- Concordo contigo, Pilar! Cartas fora, homens fora... temos é que nos divertir e viver, já basta o nosso trabalho desgastante!

- Tens razão, Isabella! Sabes, tenho uma coisa para te dizer ... mas no fim de semana falamos com mais calma, fizeram-nos uma proposta e acho que devemos pensar bem!

- Está bem, no domingo estás em casa? Eu só entro no turno da noite.

- Eu também, Isabella! Acho que vamos passar o dia a nos aturarmos uma à outra. Bem, vou dormir! Descansa, amiga ... amanhã é um novo dia!

- Descansa, Pilar! E assim que leres a carta, liga-me. Estou curiosa com essa última carta!

- Sim... cusca ... ligou-te!- rematou Pilar, indo direitinha para o seu quarto.

No outro dia de manhã, ainda meio a dormir, abriu a carta , era de uma mulher para o seu amante, uma carta de desespero, de angústia. À medida que ia lendo a carta as suas lágrimas rolavam pelo rosto, já estava como Isabella será que o destino, a vida, o tempo lhe queriam dizer alguma coisa?

 

" Meu Amor,

Sempre te jurei amor eterno, sempre te disse que eras o amor da minha vida, mas nunca te escondi que era casada, que tinha quatro filhos e um marido que me dava tudo. Nunca te escondi que sem ele não seria a mulher que sou hoje. Nunca me prometeste eternidade, nunca disseste verdadeiramente que me amavas, mas no fundo de mim mesma eu sabia-o. Podes pensar que sou uma qualquer que salta de aventura em aventura, que salta de cama para cama, mas não ... desapareci porque o meu marido descobriu que eu tinha um amante, fez chantagem comigo, tentou suicidar-se, ameaçou os nossos filhos ... neste momento vivo num Inferno, com medo, com vergonha, com tudo ... o que mais te posso dizer? O nosso amor arruinou a minha vida, destruiu tudo o que tinha ... por isso desapareci ... o único alento que trago é o amor dos meus filhos e é por eles que vivo não por mim ...

Para sempre com Amor

Denise"

 

Pilar chorava compulsivamente ... será que tinha acontecido o mesmo ao seu amor, ele era um homem forte aparentemente, mas era tão frágil às vezes ... naquele momento Pilar sentiu que estava a perdoar-lhe a sua ausência, o seu silêncio, teria que caminhar em frente  ... Pegou no telefone e ligou a Isabella ... contou-lhe o teor da carta ... e esta respondeu-lhe:

- Amiga, eu também já perdoei o meu ... temos de seguir ambas em frente , seguir com as nossas vidas, afinal temo-nos uma à outra, não é verdade?

- Claro que sim ... amigas para sempre!

Imagem retirada da net

 

publicado por Ennoea às 11:00
link do post | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
21
22
23
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds